CAPIM ELEFANTE PARAÍSO.


5 de Setembro de 2016 às 16:29
TRATO ALIMENTAR DOS EQUIDEOS

De: Lucio Andrade.

Uma falha grave que incide bastante no trato alimentar dos equideos - fornecimento de capim de corte de baixa qualidade como principal alimento volumoso. O manejo de capineiras é complicado, dificil manter sempre os cortes no melhor do estagio vegetativo, quando o valor nutritivo está mais elevado. Muitas capineiras, principalmente em regioes de longo periodo de estiagem, são como esta da primeira foto, capim muito maduro, fibroso, risco de causar disturbios digestivos e sendo alimentação pobre no principal alimento dos equideos que são os volumosos. O melhor é tratar com um bom feno. Mas se não for possivel, que pelo menos o capim de corte seja de boa qualidade, como é o caso do capim elefante Paraiso, da segunda e terceira fotos, o plantio é por sementes, tem muito mais folha do que talo, o teor proteico é em torno de 15%. Ao contrário, os capins usualmente plantados - Napier e Cameron, tem muito talo e pouca folha, são pobres em proteina.

Foto de Lucio Andrade.
Foto de Lucio Andrade.
Foto de Lucio Andrade.

‎Lucio Andrade‎ para Defensores do manejo com bem estar de equinos e muar