Principais Característica Mulas e Burros


29 de Agosto de 2014 às 22:00
Principais característica.

Devido ao fato de cavalos possuírem 64 cromossomas, enquanto o jumento possui 62, o cruzamento resultando em 63 cromossomas, as mulas são, quase sempre, estéreis. São raros os casos em que uma mula deu à luz.

O cruzamento mais utilizado e o do Equus asinus com o Equus caballus, produzindo o Equus muar.

O cruzamento inverso do Equus caballus com Equus asinus é menos frequente, e produz ps híbridos chamados de  bardoto e bardota.

Os muares apresentam caracteres intermediário entre o equídeo cavalar e o asinino. De acordo com estudiosos e observadores, possuem mais caracteres do asinino do que caracteres do cavalar.    

 

 

A voz do muar  se assemelha mais ao zurrar do jumento que ao relinchar do cavalo, a linha de dorso-lombar é reta convexa ou reta , os cascos são pequenos, duros e encastelados.

 

Muar da Fazenda Do Váu - Lagoa Dourada Mg.

Matheus Resende,  Quinta geração da familia Resende

 

O muar possui firmeza de pé e sobriedade, com grande capacidade de conversão alimentar,  suporta carga pesada sobre o dorso por longo percurso, e apresenta pouca variação de pelagem, sendo frequente a ocorrência  zebruras, faixa crucial e listra de burro, que são comum nos asininos e ausentes nos cavalares.

Diz -se que o jumento transmite ao muar os caracteres externos, e a égua o esqueleto e o temperamento interno. Os membros posteriores dos muares geralmente  são desprovidos de castanhas; quando  presentes são rudimentares , semelhante ao do asininos.

Quando se acasala o cavalo com jumenta , temos o hibrido chamado bardoto, que se assemelha ao cavalo, no seu exterior, principalmente por ter orelha e cabeça de menor  tamanho, similar a do cavalo;  crinas e caudas  com cerdas abundantes. A voz do bardoto, lembra mais o relinchar  do cavalo que o zurrar do jumento.

 

 

 

Bardoto: Primeiro do Beira Céu.

Fazenda Beira Céu,  Porangatu - Go

 

As castanhas geralmente estão presentes nos quatro membros , semelhante ao do cavalo.  De forma que o bardoto apresenta-se ao inverso do muar, com  o exterior semelhante ao cavalo  e o esqueleto, geralmente de menos tamanho lembrando o jumento.

O muar  herda do jumento a rusticidade, a resistência aos   parasitas e ás doenças, a adaptabilidade aos climas quentes e inóspitos, a sobriedade, a inteligência, a prudência e a firmeza de pé nos caminhos inseguros.

Do cavalo recebe energia, o temperamento e a força que é dosado e equilibrado, sendo utilizado com distinção e equilibrado, sendo  utilizado com distinção e paciência. Os muares são capazes de realizar etapas diária de 30 a 40 Km, sem se esgotar. São capazes de se satisfazer com alimentos fibrosos e grosseiros, incompatíveis com a do cavalo. Bebem pouca água, embora sejam exigente s em relação à pureza da mesma.

Possui elevado grau de inteligência, com o volume da cabeça superior  ao do cavalo , herdado do jumento.

Experiência negativa no passado como passagem por ponte esburacadas e atoleiros, podem fazê-lo não passar novamente no local, ou só fazer com a máxima cautela e observação.  Este equilíbrio e calma diante de obstáculos  que lhe oferecem  riscos, como atoleiro, não obedecem cegamente ao homem,  já que o seu casco é menor que a do cavalo, fazem com que as pessoas injustamente o chamem de estúpido e teimoso.

 A sua aparente desobediência é acima de tudo um ato de inteligência e prudência. Alguns atos de rebeldia são reflexo de reação contra erros do seu manejo. Recebendo bons tratos e  cuidados, os muares são dóceis e manejáveis com facilidade.

Os muares possuem uma memória representativa, ligada às pessoas , locais e objetos extremamente desenvolvida, são capazes de realizar automaticamente tarefas habituais e percorrer caminhos de volta idênticos, mesmo sinuoso e cheio de atalhos a noite.

Esta sua especialidade em orientação pode ser considerado como um sexto sentido. Porém  são capazes de se deter teimosamente diante de um obstáculo que representa risco ou onde teve experiência passada negativa..

O hibrido muar é o fruto mais feliz gerado pela natureza, a partir do  encontro das duas espécies diferentes (cavalar e asinina)

"A mula é um animal que seria necessário inventá-la se não existisse..."

J. Bajault.

Fonte: Livro  A Origem histórica do jumento doméstico.

Nelmar Alves Araújo