Qualidade do Jumentos


23 de Agosto de 2014 às 18:21
Qualidade do Jumento Pêga.

O jumento é um animal de casco duro, da família do cavalo, diferençado do cavalo pelo seu tamanho menor, juba mais curta, orelhas mais compridas e crina da cauda mais curta, apenas a última metade da cauda sendo peluda. Visto que seus cascos pequenos, afiados, fazem com que suas patas fiquem mais firmes que as do cavalo, o jumento está melhor adaptado aos terrenos acidentados e montanhosos .

Tradicionalmente utilizado para o transporte de carga e tração, o asinino se adapta muito bem ao serviço longo e rotineiro e também à montaria, sendo muitas vezes, mais indicado que os cavalos para determinados trajetos.

 

Inúmeros são os atributos zootécnicos que fazem do jumento Pêga e seus híbridos autênticos produtos tipo exportação, genuinamente brasileiros e únicos na indústria mundial da equideocultura:

 

Jumento Coronel da Morro Alto

 

                   -

O andamento marchado.
                  -

Os membros de estrutura óssea peculiar aos animais de sela, diferenciando-se da estrutura óssea mais volumosa e grosseira dos animais com aptidão para a tração;

                  -

O refinamento da conformação, com destaque para a cabeça mais refinada em relação às outras raças;

                  -

Geralmente as orelhas são mais longas, de melhor formato, implantação e direção;

                  -

Os muares, quando bons marchadores, assumem aptidões mistas, para serviço e lazer;

                 -

Os muares "Pêga" geralmente apresentam um excelente temperamento de sela.

 

Uma das características do jumento Pêga é a sua conformação harmoniosa., com destaque para o refinamento da cabeça e orelhas.

O jumento brasileiro é o único jumento marchador do mundo e o interesse de novos criadores vem  crescendo bastante, como a procura de fêmeas também. “Quem tem fêmeas de boa qualidade não vende”. No Brasil muitas pessoas confundem jumento Pêga com jegue. O nome Pêga vem da marca a fogo de antigos selecionadores que usavam as algemas de escravos foragidos designado "Pêga" para marcá-los. .Seu melhoramento foi iniciado pelo Padre Manoel Maria Torquatro, no munícipio de Entre Rios(MG)em 1810,esse rebanho passou em 1847 ao Cel.Ed.J.de Rezende,no munícipio de Lagoa Dourada(MG),dois machos e sete fêmeas da raça Pêga já famosos num vasto raio da região.

Jumenta Tita Maab

O jumento Pêga é o único asinino do mundo que transmite aos seus descendentes características como: vivacidade, docilidade, brio,
resistência, rusticidade, longevidade e principalmente o andamento marchado de tríplice apoio, cômodo e macio.

Os muares Pêga(burros e mulas) são animais refinados e muitos utilizados para sela, lazer, lida, passeios, concursos de marcha, enduros, etc..Graças a essas particularidades um muar Pêga pode custar bem mais caro que muitos cavalos de raça.

 

O Jumento no Mundo.

Tão freqüentemente encontrados no Norte da  Africa,  Palestina e India. Embora a estupidez e teimosia do jumento sejam proverbiais, sua inteligência é realmente considerada superior a do cavalo, e é uma criatura paciente e longânime que, como outros animais, amiúde tem sofrido abusos por parte do homem.

O jumento há muito tem servido ao homem como animal de carga, como meio de transporte e como animal de tração, a primeira menção dele sendo feita nas Escrituras. (Gên. 12:16; 22:3)

Foto: Tamazgha Imazighen.

O jumento consegue viver em praticamente todos os tipos de clima, das planícies secas e quentes até às regiões alpinas. E é ideal para viajar por ladeiras íngremes, trilhas estreitas, leitos de rios pedregosos, caminhos lamacentos, e outros tipos de terrenos acidentados. Pode ir onde nenhum cavalo ou camelo consegue. Para milhões de pessoas, os jumentos são o principal meio de transportar mercadorias, principalmente em cidades onde muitas casas não podem ser alcançadas por veículos motorizados.

Os jumentos podem passar por curvas apertadas e por acessos estreitos com cercas. Não precisam de pneus caros e poucas vezes têm dificuldades com superfícies escorregadias. Transportam cargas de todos os tamanhos e formas, fazendo entregas em domicílio em praticamente qualquer lugar. Enquanto motoristas nervosos ficam buzinando, os jumentos conseguem sair com facilidade de um congestionamento. Nenhum policial pensaria em multar um jumento por ter entrado na contramão. E estacionar nunca é problema.

A excelente memória do jumento é prova de sua inteligência. Após passar por um caminho pela primeira vez ele não mais o esquecerá. Largando as rédeas, alguns proprietários cochilam na carroça enquanto seu jumento os leva para casa. Certo homem lembra-se de como seus jumentos o conduziam à escola, enquanto ele fazia os deveres escolares sentado na carroça.

A força dos jumentos varia segundo a raça. Alguns especialistas dizem que os jumentos carregam uma carga média de 75 quilos e podem puxar até duas toneladas e meia. Dessemelhante do cavalo, ele tem um formato elíptico, ideal para levar cargas.

 

Fonte: ABCJPêga e  Encyclopaedia Britannica.